24/03/2008

O presente é uma dádiva

“O passado é história, o futuro é mistério, o presente é uma dádiva e por isso se chama presente”.
Deepak Chopra
.
Mas para muitos o habitual é o desprendimento constante do presente para se recolherem na nostalgia do passado. De nada lhes serve a dádiva de Hoje. Não valorizam justamente a oportunidade de usufruir o que a vida lhes dá em cada dia. Entregam-se profundamente ao que já foi e aí ficam presos, vampirizados por um passado infértil e estanque. Ensombram o presente sem lhe tocarem, passando por ele como fantasmas. É um acto de desamor. O presente serve-lhes apenas como degrau para o futuro onde depositarão, cada vez mais fortalecidas, as saudades de tudo o que já deixou de ser. É a recusa do porvir. O apego ao passado bloqueia a vivência do que é novo, impede a luz de se propagar, escurece o presente, cega o futuro.

1 comentário:

Anónimo disse...

Quão ruim é se prender ao passado.

pmg1973@gmail.com